Projeto “Bichinhos do Jardim”
Projetos
11/10/2013

Projeto “Bichinhos do Jardim”

“ O Aprender em situações orientadas”.

Escrito por: Infantil II

O projeto “Bichinhos do Jardim” brotou da observação de algumas crianças da turma do Infantil II, quando em meio às brincadeiras no parque perceberam a presença de alguns insetos na areia. A curiosidade ao ver um inseto voador (borrachudo) nas cores preto e vermelho gerou interrogações nos pequenos, que passaram a perguntar porque ele voava e as minhocas não. Assim, sentimos a necessidade de realizar um trabalho que esclarecesse essas dúvidas e contribuísse para ampliar os conhecimentos dos educandos sobre os bichinhos do jardim.


Constitui-se como objetivo geral desse trabalho: promover a observação, a análise e o estudo das características dos bichinhos, estimulando a curiosidade e a pesquisa. Como objetivos específicos destacam-se: conhecer e identificar os bichinhos do jardim e suas características, compreender como se adaptam ao meio em que vivem e desenvolver atitudes de preservação com o meio ambiente e com
os animais.


O Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil apresenta o capítulo “ O Aprender em situações orientadas”. A partir desse capítulo podemos compreender que as situações de aprendizagens favorecidas e orientadas pelo professor permitem que o aluno trabalhe com diversos conhecimentos. No entanto o
professor, como facilitador do processo de aprendizagem deve atentar na escuta das crianças, compreendendo que a experimentação e o erro são essenciais na construção do conhecimento.


Assim, na realização do projeto Bichinhos do Jardim com as turmas do Infantil II promovemos um momento de participação ativa das crianças, orientando e intervindo quando necessário, para que pudessem ampliar suas capacidades de apropriação dos conceitos , por meio da comunicação de idéias, da pesquisa, da observação, da reflexão, da construção dos bichinhos de sucata e outros.

Nesse trabalho com as crianças buscamos o conhecimento prévio, a fim de relacionar suas idéias com as novas informações; Trabalhamos a individualidade e a diversidade de saberes, a partir das falas de cada um e das construções em sala, buscando sempre contextualizar o novo aprendizado à sua realidade; Favorecemos a interação como fator de promoção da aprendizagem e do desenvolvimento e da capacidade de relacionar-se, tomando como fundamento Vygotsky quando diz que “o homem constitui-se como tal através de suas interações sociais, portanto, é visto como alguém que transforma e é transformado nas relações produzidas em uma determinada cultura.”


O projeto foi desenvolvido em quinze dias. No primeiro momento, levantamos o conhecimento prévio dos alunos. Em seguida pesquisa em campo (área verde da escola), conhecendo e nomeando os bichos encontrados por eles. Em sala, confecção de cartazes com informações sobre bichos de jardim e suas relações com os bichinhos do Terrário que também foi criado para o projeto. Leitura de histórias
nas quais os personagens são bichos de jardim. Confecção de bichinhos com material de sucata, momento em que trabalhamos as partes do corpo de cada bicho.

Todos os momentos do projeto foram permeados por músicas que faziam referência aos bichinhos do jardim: Borboletinha tá na cozinha, A dona Aranha, A formiguinha subiu no meu pé, minhoca, entre outras.

Comentários ()